Aaron Hernandez, suspeito de ter assassinado dois cabo-verdianos, suicida-se na prisão

0
977

O antigo jogador dos New England Patriots, Aaron Hernandez, suicidou-se na prisão de Baranowski Correctional Center.

Na semana passada o antigo jogador tinha sido ilibado pelo duplo assassinato, em 2012, de dois cabo-verdianos, nos Estados Unidos da América. Mas ele cumpria pena de prisão perpétua por ter matado um amigo para impedir que contasse o que sabia sobre o homicídio de dois cabo-verdianos, crime de que Hernandez também foi acusado.

Na manha de hoje, quarta-feira, Hernandez foi encontrado morto na prisão de Baranowski Correctional Center.

Ele era considerado o próximo Tom Brady e na altura dos crimes em 2012 tinha um contrato de 41 milhões de dólares com os New England Patriots.

Comentários