Antiga miss italiana irreconhecível após ser atacada com ácido pelo ex-namorado cabo-verdiano

1637

A antiga miss italiana que foi atacada com ácido pelo ex-namorado, de nacionalidade cabo-verdiana, apareceu em público pela primeira vez desde o incidente.

Gessica Notaro apresentou-se num talk show italiano e está irreconhecível. A mulher de 28 anos apareceu com a cara coberta por um lenço e, segundo o Daily Mail, o apresentador disse-lhe que poderia ficar assim, se o preferisse. Contudo, a antiga modelo acabou por revelar o rosto ao mundo. “Quero que vejam o que ele fez comigo. Isto não é amor.”

Gessica Notaro passou dois meses internada no hospital de Cesena, onde recebeu cuidados médicos para as queimaduras que sofreu após o ataque. Na entrevista ao talk show, a mulher confessou que na altura rezou a Deus: “podes tirar-me a beleza, mas deixa-me pelo menos com a visão”.

Durante a longa “estadia” no hospital, a ex-modelo só podia ver as visitas através de uma janela e, a sua mãe tinha de ser esterilizada antes de entrar no quarto.

Gessica Notaro e Jorge Edson Tavares
Gessica Notaro e Jorge Edson Tavares FACEBOOK

A 10 de janeiro, Gessica Notaro terá chegado a casa e encontrado o ex-namorado, Jorge Edson Tavares, cabo-verdiano, com uma garrafa de plástico. “Não disse nada, atirou o líquido e fugiu”, foram as declarações da ex-modelo jornal Il Resto Del Carlino.

Jorge Edson Tavares foi detido pela polícia italiana, mas negou sempre ter cometido o ataque, alegando que passou essa noite com outra mulher. O álibi não foi confirmado.

O homem está em prisão preventiva a aguardar julgamento.

Fonte: SIC