Após 62 mortes em três dias o exército brasileiro esta a patrulhar as ruas de Vitória

0
463

No passado sábado a polícia militar iniciou uma greve em protesto contra a falta de investimento na segurança, e desde esse dia pelo menos 62 pessoas morreram em Vitória, capital do estado brasileiro de Espírito Santo.

Paulo Whitaker – Reuters

“O Governo [de Espírito Santo] tem vindo a tratar da segurança com desdém, está a precarizar os serviços, não investe na segurança e não dá valor ao pessoal”, disse, na segunda-feira, o presidente do Sindicato de Polícias Civis estadual, Jorge Emiliano Legal, à agência Efe.

Nos últimos três dias houve um aumento da criminalidade, principalmente de “homicídios, roubos e furtos”, os quais resultaram, até ao momento, em 62 mortes, um recorde histórico para Vitória em Fevereiro”, afirmou.

O Ministério da Defesa autorizou o envio de efectivos das Forças Armadas “para garantir a lei e a ordem” na cidade, respondendo a um pedido do governador César Roberto Colnago à Presidência da República.

Fonte: Lusa

 

Comentários