Djodje diz que organização do ‘Sodade Festival’ foi uma das piores que já viu

0
2314

O artista cabo-verdiano esta desapontado com a organização do ‘Sodade Festival’ que aconteceu no passado fim-de-semana na Holanda.

Djodje Marta utilizou a sua pagina no Facebook para falar de como correu o festival que aconteceu em Roterdão, na Holanda. O artista radicado em Portugal diz que o festival só valeu a pena por causa do público, “porque no que toca à organização foi sem sombra de dúvidas uma das piores, senão a pior organização, com que já trabalhei”.

“Uma organização que não respeita as condições do artista, não respeita o ser humano por detrás do trabalhador, que desaparece assim que o show termina sem concluir o trabalho que nem sequer começaram em condições“, escreveu o artista cabo-verdiano que finalizou dizendo que o pior é que essas coisas só acontecem quando esta-se a lidar com as chamadas “pessoas amigas”.

O Sodade Festival teve a sua segunda edição no passado fim-de-semana e organização é a Fundação Matiota, que é sediada em Roterdão.

Para além de Djodje estiveram Lura, Dino d’Santiago, Djodje, Elida Almeida, os Tubarões, Boy Gê Mendes, Poliana Vieira, Hilário Silva, Rabasa, Grace Évora e Tabanka.

 

 

Comentários