EUA: Cabo-verdiano esta a ser acusado de ter violado a namorada, também cabo-verdiana

0
765

Um cabo-verdiano esta a ser acusado de ter violado a ex-namorada, também cabo-verdiana, em Brockton, nos Estados Unidos da America (EUA).

O caso aconteceu nesta quarta-feira, em Brockton, quando uma mulher, de nacionalidade cabo-verdiana, pediu ajuda aos vizinhos para chamar a policia pois tinha sido violada.

Era por volta das 21 horas quando um homem ligou para a policia dizendo que estava uma mulher ali, só de toalha, pedindo ajuda, visto que ela não falava inglês, disse a promotora Christine Griffin, nesta quinta-feira, no Tribunal.

A vitima disse a policia que ela estava namorando o Siguimar Moreno, de 24 anos, há cerca de três meses e queria terminar com ele depois de ter descoberto que esteve a estava a trair.

Nesta quarta-feira, 22, Moreno foi à casa da vitima, sem ser convidado, e depois de terem jantado e conversado começou a discussão por causa da traição.

Moreno a levou para o quarto e retirou um cabo eléctrico da parede e ameaçou bater na mulher se ela não tirasse as roupas. De seguida, o jovem a violou e a agrediu.

Depois de a ter violado, Moreno encaminhou-se para a cozinha e pegou uma faca e entrou no quarto dizendo, em crioulo, “eu vou matar-te. Aqui [nos Estados Unidos] os homens são conhecidos por matar mulheres e depois suicidarem-se”, disse Griffin no tribunal.

No momento que o agressor volta para a cozinha, a mulher aproveita e foge pedindo ajuda ao vizinho.

A policia, então, prendeu Siguimar Moreno, de 24 anos, na sua residência em Brockton, acusando-o de assalto, com recurso a arma branca, tentativa de assassinato e violação.

Ele declarou-se inocente, no Tribunal, e alega que a vitima sofre de problemas de saúde mental. Ele foi libertado depois de pagar uma fiança de 2.500 dólares. O juiz o proibiu de aproximar-se da vitima.

A audiência será no dia 17 de Março.

Fonte: Wicked Local

Comentários