Governo Angolano proíbe culto de algumas igrejas evangélicas do Brasil

0
274
O governo de Angola baniu a maioria das igrejas evangélicas brasileiras do país. Alem de não serem reconhecidas pelo estado Angolano este ainda afirma que estas igrejas evangélicas fazem “propaganda enganosa” e “se aproveitam das fragilidades do povo angolano”.
Igreja Universal do Reino de Deus
Rui Falcão, secretario politico do MPLA (Movimentação Popular de Libertação de Angola), afirmou que “o que mais existe aqui em Angola são igrejas de origem brasileira, e isso é um problema, elas brincam com as fragilidades do povo angolano e fazem propaganda enganosa” Em Fevereiro o governo abriu um inquérito e Mundial do Poder de Deus, Mundial Renovada e Igreja Evangélica Pentecostal Nova Jerusalém foram fechadas. A unica igreja reconhcida pelo Estado é a Universal mas no dia 31 de Março esta teve uma interdiçao e só pode funcionar com a fiscalizaçao dos ministerios do Interior, Cultura, Direitos Humanos e pela Procuradoria Geral da Justiça. Rui Falcao ainda afirma que “elas ficam a enganar as pessoas, é um negócio, isto está mais do que óbvio, ficam a vender milagres.” Segundo o governo 15% da população pertence a estas igrejas.
Comentários