José Maria Neves chefia missão de observadores da União Africana às eleições em Angola

0
111

O ex-primeiro-ministro José Maria Neves vai chefiar a missão de observadores da União Africana (UA) às eleições gerais em Angola, marcadas para o dia 23 de Agosto, considerando tratar-se de um “motivo de orgulho” para Cabo Verde.

José Maria Neves manterá contactos com as autoridades angolanas, as candidaturas, as missões diplomáticas acreditadas em Luanda e as delegações de observadores de outras instituições internacionais.

Além da União Africana, as eleições gerais em Angola, marcadas para 23 deste mês, vão contar com observadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) enquanto a União Europeia vai enviar quatro peritos.

Cabo Verde ainda vai estar representado como observador, através de uma delegação do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV).

O antigo Presidente cabo-verdiano Pedro Pires, que em 2012 chefiou a missão da União Africana, também é um dos observadores outra vez, a convite do Presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

Concorrem às eleições o Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE), Partido de Renovação Social (PRS), Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) e Aliança Patriótica Nacional (APN).

Fonte: Lusa

Comentários