Liga Europa: Vozinha e Marco Soares eliminados num jogo que esteve interrompido durante 10 minutos

0
505

O AEL Limassol do Chipre perdeu nesta quarta-feira frente ao Áustria Viena num jogo polémico.

O jogo contava para a 3.ª pré-eliminatória, segunda mão, no Chipre e a equipa visitante venceu por 2-1.

Aos 27 minutos, Marco Airosa foi expulso, ao derrubar o adversário quando este se dirigia isolado para a baliza. O lance parece ter acontecido fora da área, mas o árbitro assinalou penálti a favor dos austríacos.

A decisão gerou a revolta de adeptos e jogadores do AEL, que descarregaram a frustração nos árbitros da partida. Ao sentirem-se ameaçados, os juízes optaram por deixar o relvado e a equipa visitante seguiu-lhes os passos.

A partir daí, assistiu-se a uma cena invulgar, com a equipa da casa à espera do adversário e dos árbitros no relvado.

Cerca de dez minutos depois, as duas equipas reentraram em campo e a partida prosseguiu, com o Áustria Viena a converter a grande penalidade e a colocar os visitantes na frente.

Ao intervalo, os austríacos venciam por 1-0 e conseguiam ficar na frente da eliminatória.

No segundo tempo, o AEL Limassol conseguiu empatar, por intermédio do ex-Penafiel Aldair, após «frango» do guarda-redes adversário.

Apesar do esforço, o Áustria Viena, já com o benfiquista Friesenbichler em campo, selou o resultado final, com um golo de Pires, em cima dos noventa.

Vozinha e Marco Soares, internacionais cabo-verdianos, jogaram os 90 minutos.

Fonte: Maisfutebol/DTudo1Pouco

Comentários