Mais de 800 pessoas faleceram na Nigéria devido a Epidemia de meningite

0
126

Em cinco meses morreram 813 pessoas de meningite no norte da Nigéria, revelou esta quarta-feira o ministro da Saúde, Isaac Adewole, após uma reunião ministerial.

Epidemia de meningite na Nigéria já fez mais de 800 mortos

O balanço anterior, do centro nacional nigeriano de vigilância de doenças (NCDC), a 19 de Abril, dava conta de 745 mortos e mais de oito mil casos registados.

“Estamos na 16ª semana. Registamos neste momento um abrandamento da epidemia” de meningite, acrescentou. “Estamos no fim da estação propícia à disseminação. Confiamos que tudo estará terminado dentro de algumas semanas”, concluiu.

As epidemias de meningite mão são raras na Nigéria, país de 190 milhões de habitantes, situado na “cintura de meningite” que vai do Senegal à Etiópia.

Testes laboratoriais revelaram que este surto foi provocado por uma novo tipo (estirpe C). É a primeira vez que ela se declara como epidemia no país.

A esmagadora maioria (93 por cento) dos casos suspeitos de meningite foram registados em cinco estados do norte da Nigéria: Zamfara, Sokoto, Katsina, Kebbi e Niger. Foi ali lançada uma campanha de vacinação de grande envergadura dia 5 de abril.

O ministro delegado da Saúde, Osagie Ehanire, afirmou no início de abril que cerca de 420 mil pessoas foram já vacinadas. O país deverá receber ainda 823 mil doses de vacinas vindas da Grã-Bretanha, para prosseguir a sua campanha de vacinação.

Adewole afirmou que o Governo está em fase de pesquisas para começar a produzir as vacinas na Nigéria, em consórcio com uma farmacêutica local.

Fonte: RTP

Comentários