Matchu Lopes, actual campeão mundial de Kitsurf, quer desistir da nacionalidade cabo-verdiana para passar a competir por Espanha, isto depois de obter a nacionalidade espanhola.

O cabo-verdiano levanta com seu passaporte e revista de viagens com sempre.
Foto: Fernando Ruso

A noticia foi veiculada hoje, quinta-feira, pelo site espanhol ‘Ell Espanhol’, que entrevistou o cabo-verdiano que é actual campeão de kitsurf com as cores nacionais de Cabo Verde. 

“É algo que doí-me, porque amo o meu país, Cabo Verde está no meu coração, mas o Governo não quer ajudar-me, porque poderia dar-me o passaporte diplomatico, já que sou um embaixador do desporto, mas não querem”, afirmou o atleta de 23 anos.

Ele viaja sempre com uma revista na mochila para quando é questionado para onde vai, mostra a capa da revista e diz “sou eu, campeão mundial”, explica Matchu que diz ainda que conseguiu entrar em muitos países mostrando tal revista, já que só com o passaporte cabo-verdiano não tem grandes vantagens. Também o referido passaporte causa-lhe transtorno quando vai pedir visto de entrada em certos países.

“Eu tenho a imagem do meu país, mas eu não posso deixar que os problemas nos aeroportos deixem-me incapaz de competir, ou incapaz de corresponder os patrocinadores. E sem os patrocinadores estou perdido”, argumenta o jovem nascido em Santa Maria, na ilha do Sal.

“Não peço nenhum centavo, nada. Só isto. E eles contestam-me com o ‘Vamos dar-te semana que vem… e isto já vai à seis meses”, desabafa o salense.

Na sua pagina oficial no Facebook ele escreveu que grandes mudanças estão por vir e pede a compressão de todos.

Comentários