Policia Judiciaria e Ministério Publico abrem investigação na Federação Cabo-verdiana de Futebol

0
795

Uma reportagem da GreenSports lançada em Agosto, do corrente ano, fez com que a Policia Judiciaria e o Ministério Publico cabo-verdiano abrissem uma investigação à Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF).

Quando a direcção de Victor Osório foi destituída, no dia 19 de Agosto, a GreenSports foi até a sede da FCF com o intuito de fazer uma reportagem intitulada ‘O ultimo dia de Osório’.

Na reportagem o antigo presidente da federação, Victor Osório, contou que quando entrou na FCF notou que havia desaparecido um lote de mais de 700 equipamentos que saíram da Lacatoni, patrocinadora da selecção, mas que nunca chegaram à FCF.

Mário Semedo, que esteve na presidência da FCF, antes de Osório reagiu dias depois a reportagem e este afirmou desconhecer à “máfia dos equipamentos”.

Segundo a GreenSport, o Ministério Publico de Cabo Verde bem como a Policia Judiciaria abriram um inquérito sobre tal desaparecimento dos equipamentos, tendo mesmo notificado a FCF.

O jornalista da reportagem é Bruno da Moura, que é fundador do DTudo1Pouco

Comentários