Santo Antão: 39 mil contos para Rotas das Aldeias Rurais

0
33

O Governo já anunciou, através do Boletim Oficial (BO) de Cabo Verde, um montante de quase 39 mil contos para avançar com o projecto Rota das Aldeias Rurais de Santo Antão, financiamento que vai entrar, agora, na fase de desembolso.

Este montante, garantido através do Fundo do Turismo, vai ser despendido através da Associação dos Municípios de Santo Antão (AMSA), no quadro de um protocolo assinado com o ministro da Economia e Emprego.

O presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Anibal Fonseca, confirmou a publicação do BO de Cabo Verde desses fundos, que “agora vão entrar na fase de desembolso”, facto que, a seu ver, demonstra que Rota das Aldeias Rurais de Santo Antão vai ser uma realidade “para o bem do turismo” nesta ilha.

O projecto, estimado em 86 mil contos, foi lançado em Janeiro de 2016 e visa a diversificação da oferta turística de Santo Antão, com a melhoria e construção de 36 empreendimentos turísticos nos três concelhos da ilha.

Os operadores turísticos contemplados vinham demonstrando algum cepticismo quanto à efectivação desse projecto, dada a demora na disponibilização dos fundos para a implementação das acções previstas.

Rota das Aldeias Rurais, resultado de um inventário dos recursos turísticos existentes em Santo Antão, visa a diversificação e qualificação do produto turístico na ilha com a construção e melhoria de um conjunto de empreendimentos de acolhimentos de turistas.

Além do “efectivo envolvimento” das comunidades na cadeia de valor do turismo, Rota das Aldeias Rurais de Santo Antão é um projecto que pretende ainda preservar e recuperar o património histórico-cultural no espaço rural.

Fonte: Inforpress

Comentários