Tribunal da Praia decreta prisão preventiva para agente envolvido na morte do jovem na Esquadra da cidade da Praia

0
495

O Tribunal da comarca da cidade da Praia decretou prisão preventiva a um gente da Policia Nacional envolvido no caso de agressão a um jovem, que veria a falecer, ocorrido no passado mês de Março, na Esquadra de Achada de Santo António.

Em comunicado de imprensa, a Procuradoria Geral da República esclarece que no âmbito da investigação dos autos o Ministério Público ordenou a detenção fora de flagrante delito do agente, por indícios de prática de factos susceptíveis de integrarem o crime de homicídio.

“Submetido a primeiro interrogatório judicial de arguido detido, o referido agente ficou a aguardar os ulteriores trâmites processuais em prisão preventiva”, esclarece o comunicado.

No entanto, avança que o processo continua em segredo de justiça, “apesar de se encontrar numa fase avançada de investigação”.

O caso aconteceu em Março, quando um jovem de 19 anos, que residia no bairro de Pensamento, morreu depois de ter sido detido por um agente da Esquadra de Achada Santo António, que alegou que o jovem estava a roubar em sua casa.

Fonte: Inforpress

Comentários