Na tarde deste sábado, antes do jogo, e depois de saber do resultado entre África do Sul e Burkina, a selecção para ir ao Mundial tinha de vencer o jogo de hoje e o próximo, frente a Burkina Faso. Apôs perder hoje, agora só resta cumprir calendário.

No Estádio Nacional, na cidade da Praia, a selecção cabo-verdiana perdeu por duas bolas frente ao Senegal no jogo da quinta jornada do Grupo D de qualificação africana para o Mundial 2018.

Como diz o ditado, quem não marca sofre e Cabo Verde não aproveitou as boas oportunidades e o vento ao seu favor, e acabou por sofrer os golos bem perto do final da partida por Diafra Sakho e Cheikh Ndoye.

Senegal, agora, tomou a dianteira do Grupo D com oito pontos e ainda menos dois jogos, ambos frente à África do Sul, o Burkina Faso continua no segundo lugar, com seis pontos, e Cabo Verde passa para o terceiro, também com seis. A África do Sul tem quatro pontos e menos dois jogos.

Para Cabo Verde ir ao Mundial na Rússia teria de acontecer um milagre, entretanto, neste grupo, matematicamente, tudo pode acontecer.

Na sexta jornada, a 11 de Novembro, Cabo Verde visita o Burkina Faso e o Senegal recebe a África do Sul.

Comentários