Vereador da Ribeira Grande de Santiago tirado do cargo por alegadamente ter favorecido munícipes afectos ao PAICV

0
747

O Vereador Apolinário das Neves, do Pelouro do Urbanismo, Ambiente e Cooperação da Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago, foi tirado do cargo por ter alegadamente ter favorecido munícipes afectos ao PAICV.

Foto de Apolinário Das Neves.

Nesta segunda-feira, Apolinário das Neves, publicou no seu perfil no Facebook uma copia de uma carta da bancada do Movimento Para Democracia (MpD), da Assembleia Municipal da Ribeira Grande de Santiago.

Na carta, endereçada ao presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago (CMRGS), Manuel de Pina, diz que há diversas acusações, do munícipes, contra o Sr. vereador Apolinário das Neves “uma das quais o beneficio de terceiros em detrimento do interesse da Câmara Municipal, chegando ao ponto de favorecer munícipes afecto ao PAICV”.

Os membros da bancada, na carta, consideram Apolinário das Neves “pessoa non grata” em termos políticos e pedem que o presidente da CMRGS que escolha entre manter o vereador ou manter a bancada do seu lado.

A bancada do MpD deliberou não aprovar qualquer instrumento de gestão camarária enquanto o vereador Apolinário das Neves se mantiver como vereador.

No seu perfil no Facebook, Apolinário das Neves informa que a Assembleia Municipal aprovou a proposta que visa caçar o seu mandado como vereador.

Este defende-se, ainda no referido post, e diz que este acto é por ter tratado os munícipes em igualdade, independentemente das opões politicas.

“Respeitarei sempre a liberdade e as opções de quem quer que seja e jamais decidirei a favor de quem quer que seja por ser MpD ou PAICV. Não o faço e nunca o farei”, escreveu Apolinário das Neves que termina dizendo que irá trazer mais informações nas próximas horas.

Foto de Apolinário Das Neves.

Foto de Apolinário Das Neves.

 

 

 

 
Comentários