Depois de ficar em segundo lugar no CAN, Cabo Verde, com essa classificação, garantiu um lugar no Mundial, que começa em janeiro.

No Mundial, Cabo Verde está no grupo C e defronta Brasil, Uruguai e Suécia, que é o país anfitrião. O Mundial começa no dia 11 de Janeiro. Os jogos do país serão nos dias 12 (Uruguai), 14 (Suécia) e 16 (Brasil).

Suécia 

Segundo o site da Federação Internacional de Andebol, a Suécia é a favorita, pois são os atuais campeões europeus e é cotada como uma das seleções a se qualificar na fase de grupos. Ela, no grupo, já jogou apenas contra o Brasil e venceu todos os cinco jogos.

Brasil

Nao é a primeira vez que o Brasil estará no Mundial e o seu melhor resultado foi em 2019 quando terminou em nono lugar. Jogadores em destaque são o lateral-esquerdo Haniel Langaro e o linha Rogério Moraes.

A margem média de vitória do Brasil contra o Uruguai é de 18,87 golos por jogo, uma vez que as duas seleções já se defrontaram por 16 vezes nos últimos 23 anos.

Uruguai

É a segunda participação no Mundial Masculino IHF e a segunda vez que está no mesmo grupo da fase preliminar contra Cabo Verde. Mas não chegaram a defrontam pois Cabo Verde teve o surto de Covid-19 e apenas jogou contra a Hungria. Nesse mundial o Uruguai terminou na 24.ª posição com saldo de golos de -94.

Cabo Verde

Cabo Verde volta ao Mundial pela segunda vez na história com uma excelente exibição no Campeonato Africano de Andebol Masculino CAHB 2022, onde terminou em segundo lugar, garantindo a primeira medalha de sempre na sua historia.

“Sua principal fraqueza pode ser a falta de experiência em alto nível. Ainda assim, Cabo Verde surpreendeu no torneio continental que disputou no verão passado, garantindo vitórias sobre Angola e Marrocos para se classificar para a final, onde não teve chances contra o Egito”, escreveu o site da Federação Internacional de Andebol.