ARFA alertou que produtos vegetais congelados da Marca Pinguin podem estar contaminados

499

A ARFA alertou esta sexta-feira em comunicado, que produtos vegetais congelados da Marca Pinguin, comercializados no país, podem estar contaminados com Listeria monocytogenes, uma espécie de bactéria capaz de provocar doenças em seres humanos, como a meningite.

Segundo a Agência de Regulação e Supervisão dos Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA), o alerta vem na sequência dos avisos emitidos pelo Sistema de Alerta Rápido para os Géneros Alimentícios e Alimentos para Animais da União Europeia (RASFF) e pela Rede Internacional de Autoridades de Segurança Alimentar (INFOSAN) da OMS/FAO, dos quais a ARFA é ponto de contacto de Cabo Verde.

“As comunicações oficiais referem que Cabo Verde teria importado lotes de alguns dos produtos vegetais congelados alvos de alerta. Da rastreabilidade efetuada, confirmou-se a entrada destes produtos no país”, refere em nota a Agência de Regulação e Supervisão dos Produtos Farmacêuticos e Alimentares.

Conforme a agência, tendo em conta os riscos à saúde pública já está em curso uma operação de retirada dos produtos do mercado nacional, mas aconselha os consumidores a não adquirir e nem consumir os produtos alvo do alerta.

Entretanto, em caso desses produtos terem sido já comprados, a ARFA recomenda o não consumo dos mesmos e aconselha também aos consumidores a verificar o rótulo e certificar que o produto não é objecto do alerta, no momento da compra, bem como certificar a marca e a origem dos produtos vegetais congelados.

No mesmo documento a ARFA informa que continuará a acompanhar o assunto junto das autoridades europeias e nacionais com vista à “proteção dos consumidores” e a “garantia da segurança sanitária dos alimentos”, disponibilizados no mercado nacional.

Por: Inforpress