Avião da TAAG embateu contra camião da Sonangol

151
A companhia aérea angolana TAAG pediu a abertura de um inquérito após um incidente, na quarta-feira, envolvendo um avião da Hifly que faria a ligação Luanda-Lisboa-Luanda, que embateu contra um camião da Sonangol.


Segundo um comunicado da TAAG, o avião operado pela Hifly, tinha saída prevista para as 23h20, mas saiu com atraso devido à necessidade de substituir o equipamento após um choque entre o camião da Sonangol e o Airbus A330, durante as manobras de reabastecimento da aeronave.

A transportadora refere que os passageiros seguiram viagem num Boeing 777, cujo voo estava programado para 03 de novembro, “sem impacto adicional para a calendarização global de voos”.

A TAAG sublinha que é alheia ao ocorrido e foi afetada por esta situação, tendo solicitado a abertura de um inquérito para averiguação deste incidente que provocou apenas danos materiais no avião.

O incidente foi comunicado às entidades competentes, nomeadamente a SGA (Sociedade Gestora de Aeroportos) e ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), “estando todos os ‘stakeholders’ a colaborar para prevenir que situações similares não voltem a ocorrer no futuro”, conclui o comunicado.

Por: Lusa