Avião moçambicano despenha-se com 33 passageiros a bordo. Não há sobrevivente

762

Um avião das Linhas Aéreas Moçambicanas (LAM) que fazia ligação entre Maputo e Luanda despenhou-se na Namíbia, ontem.

No avião, um Embraer 190, seguiam seis tripulantes e 27 passageiros entre os quais cinco portugueses, dez moçambicanos, nove angolanos, um francês, um brasileiro e um chinês. Os destroços foram encontrados no Parque Nacional de Bwabwata no norte na Namíbia e nenhum sobrevivente foi encontrado.

O aviao desapareceu ontem e foi encontrado os destroços hoje de manha. As autoridades confirmam a morte de 33 pessoas. O aparelho, de fabrico brasileiro, é um dos modernos aviões escolhidos pela LAM para a renovação da sua frota.