Brava: Um jovem de 20 anos terá supostamente assassinado a sua avó

262

Um jovem de 20 anos de Campo Baixo, na ilha Brava, terá, supostamente, assassinado a sua avó, na noite de domingo, com um pau, acto que deixou revoltada a população da pacata ilha.

Segundo o comandante da Esquadra Policial da Brava, Arlindo Sanches, o presumível homicida habitava com a avó e, após o sucedido, saiu à procura de apoio junto da vizinhança, alegando que a avó estava cheia de sangue.

Alertados pela vizinhança, agentes da Polícia Nacional deslocaram-se ao local acompanhados do procurador e do delegado de saúde e encontraram o jovem na casa dos vizinhos “chorando desconsoladamente”.

No local do crime foi encontrado, além do pau, uma faca que o jovem teria utilizado para pôr fim a sua própria vida, conforme informações da Polícia, que confirmou a existência de escoriações no pescoço do indivíduo.

“Após confessar a suposta tentativa de suicídio, o mesmo confessou ser o autor do crime, e logo foi dado voz de prisão e detido, conduzido à Delegacia de Saúde para o tratamento das escoriações, de seguida, trazido para a esquadra, onde aguarda a sua apresentação ao tribunal”, contou o comandante.

Os motivos são desconhecidos, mas, segundo Arlindo Sanches, na altura, o jovem contou que “chegou em casa com indícios de álcool e a sua avó estava aconselhando-o, o que não terá ficado do seu agrado, apanhou o pau e bateu na avó”.

A vítima tinha 59 anos e foi a mesma quem criou o neto, pois, a mãe do jovem reside na ilha do Fogo.

Por: Inforpress