Câmara Municipal da Boa Vista suspende festival Praia d’Cruz para investir em obras

343

A decisão saiu da última reunião ordinária do executivo e foi anunciada hoje, pelo Presidente Cláudio Mendonça, que justificou a medida com a necessidade de priorizar a realização de obras e outras necessidades sociais da ilha, provocadas pelo contexto da crise económica que o mundo está a atravessar. 

Fazendo um diagnostico geral da ilha, onde a retoma turística e económica tem sido lenta, os problemas sociais acrescidos, a edilidade decidiu priorizar aquilo que é necessário, para alavancar o desenvolvimento da ilha e impactar a vida das famílias. 

“Reafirmo precisamente a questão de infraestruturação, requalificação urbana e o término das obras em curso, especialmente o Largo de Santa Isabel dentro do prazo estabelecido. Este é um objetivo que abraçamos e que queremos concretizar ainda este ano”, alertou Cláudio Mendonça, na página da edilidade no Facebook. 

Neste sentido, o edil avançou que o atual contexto, o cenário de incerteza, a culminar com o desejo de desenvolver Boa Vista, obrigaram a edilidade a optar pela não realização do Festival Praia d´Cruz, lembrando que recentemente o município esteve em festa, com uma grande movimentação cultural, desportiva e económica e ainda coroada com a receção da grande Final do Campeonato Nacional de Futebol, que colocou a ilha na boca do mundo. 

“Há um entendimento de que a festa do Município e da sua padroeira Santa Isabel foi rija. Houve uma avaliação muito positiva quer por parte de munícipes, como também dos empresários”, regozijou-se o autarca, considerando que não obstante esses gastos, a situação requer um equilíbrio, sobretudo com a atual conjuntura, que tem afetado a economia da ilha, assente no turismo e na prestação de serviços.  

Para o Presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, “toda a entidade pública deve analisar a perspetiva do momento que é difícil e que requer algum equilíbrio na contenção das despesas, sobretudo ao analisar o cenário da seca, da Covid-19 e agravada com a subida dos preços, devido a guerra na Ucrânia”. 

Entretanto, para colmatar o Festival, a autarquia está a trabalhar num conjunto de atividades para o verão, semana de juventude, do mar e dia do emigrante. 

Cláudio Mendonça promete para o próximo ano, um Festival Praia d´Cruz à altura do desejado e outras atividades que a ilha merece.

“Estamos focados naquilo que é prioritário para a ilha e esperamos contar com a compreensão e colaboração dos munícipes”.