Capitão do Uganda avisa Tanzânia que querem manter a invencibilidade

365

O guarda-redes e capitão do Uganda, Denis Onyango, alertou a Tanzânia que os ugandenses estão determinados em manter a invencibilidade nas eliminatórias da Taça das Nações Africanas de 2019.

Denis Onyango

A Tanzânia precisa de uma vitoria para qualificar-se para o CAN e no dia 24 de Março em casa, Dar es Salaam, defrontam o Uganda.

“Vamos para a Tanzânia com uma missão séria para vencer. Sabemos que eles [a Tanzânia] precisam de uma vitória para se classificar, mas estamos determinados a manter nossa invencibilidade nas eliminatórias”, disse Onyango, do Uganda, à BBC Sport.

“Eu quero fazer história não quero sofrer nenhum golo nas eliminatórias porque isso significa muito para mim”.

“Mas nem sempre é fácil jogar contra a Tanzânia, porque eles nos conhecem bem e isso talvez explique por que empatamos 0-0 em Kampala na primeira mão.”

“Vai ser um jogo explosivo porque a Tanzânia é anfitriã e precisa da vitória mais do que nós, uma vez que já nos classificamos.

“Mas vencê-los em Dar es Salaam significará muito”, acrescentou Onyango.

A Tanzânia quer chegar à sua primeira Copa das Nações Africanas desde 1980, enquanto Uganda retornou às finais no Gabão 2017 após uma ausência de 39 anos.

Cabo Verde, em simultâneo, recebe o Lesoto e se vencer e a Tanzânia empatar ou perder, qualifica-se para o CAN.

O jogo entre Cabo Verde e Lesoto disputa-se no dia 24 de Março as 14h00 no Estádio Nacional, na cidade da Praia e conta para a sexta e ultima jornada do Grupo L, de qualificação para o CAN 2019.

O Grupo L é comandado pelo Uganda, já qualificado com 13 pontos, e nenhuma derrota. Em segundo lugar está o Lesoto com cinco pontos, os mesmo que Tanzânia. Cabo Verde encontra-se no quarto lugar com quatro pontos.