Cesária Évora será homenageada pela ONU na Alemanha

941

O trabalho da “diva dos pés descalços” será destaque em Março durante o festival cultural “Over the Border”. Evento vai reunir músicos para debate sobre fronteiras e desertificação no planeta.

Cesária Évora esteve na cidade alemã de Bona, visitou o “campus” da Organização das Nações Unidas (ONU) que agora irá homenageá-la na edição 2018 do Festival “Over The Border” (Além da Fronteira). O evento é realizado em apoio com a ONU.

Manuel Banha, um dos organizadores do festival, reforça o porquê da escolha da cabo-verdiana que vai além da questão das fronteiras em termos culturais. Para ele, Cesária é a maior a artista em termos globais de ir “Over the Border”.

“É algo interessante porque a fronteira dos países não tem nada a ver com as fronteiras das culturas. Esta foi a primeira parte que nos interessou sobre a artista, enquanto organizadores desta festa. A Cesária representa isso bem, ela sempre mostrou o que é passar estas fronteiras”, explicou o produtor cultural, lembrando as origens crioulas de Cesária e do seu país, Cabo Verde.

Os organizadores declararam que para ser homenageado é preciso um motivo forte. E no caso de Cesária foi devido à abertura e expansão da sua carreira. “A única coisa que pode comparar-se um pouco com Cesária seria o grande sucesso da música cubana com o filme sobre o Buena Vista Social Club. Porém, mesmo assim, Cesária não precisou de algo externo, porque ela conquistou pela sua música mágica, pelo seu timbre, pela sua imagem”, diz o empresário Manuel Banha.

Para a comemoração, vão unir-se à Cesária Évora Orchestra outros cinco artistas: Nancy Vieira, Teofilo Chantre, Lucibela Freitas, Elina Almeida e Dino D’Santiago. 

A homenagem será na noite de 16 de Março, no Telekom Forum, em Bona, que vai ser inteiramente dedicada à Cesária. Está é a terceira edição do Over the Border terá lugar de 9 a 25 de Março e promete tomar conta de diversos espaços de Bona, cidade natal de Beethoven.

Fonte: DW