Chipre: adeptos acabam com jogo entre equipa de Semedo e Carlitos

514

O jogo entre o Apollon Limassol e o Omonia Nicósia, a contar para a Taça do Chipre, não chegou ao fim, tudo por culpa dos adeptos.

Hoje, quarta-feira, o Apollon Limassol e o Omonia Nicósia defrontaram-se na casa do Apollon, na cidade de Limassol, para os quartos de final da Taça do Chipre, jogo da segunda mão.

Durante a primeira parte o arbitro interrompeu a partida e voltou a fazê-lo na segunda parte por causa dos adeptos. Quando o Apllon fez o 3-1 o arbitro voltou a interromper o jogo durante oito minutos.

Visto que os adeptos continuavam a fazer arremessos para dentro das quatro linhas, o arbitro decidiu acabar com o jogo aos 81′ devido a arremessos de engenhos pirotécnicos.

Na primeira mão o jogo tinha terminado empatado a duas bolas, agora o que fica por saber é se o jogo será repetido ou se irão jogar-se apenas os minutos em falta.

No Apollon jogava o internacional cabo-verdiano Sérgio Semedo, que transferiu-se neste mercado de inverno enquanto que do lado do Omonia estava o defesa, também internacional cabo-verdiano, Carlitos.