Clima: 1% dos mais ricos emite o dobro de CO2 dos 50% mais pobres

69

fatia de 1% dos mais ricos do mundo produzem o dobro das emissões de dióxido de carbono (CO2) daquilo que é produzido pelos 50% mais pobres, de acordo com um relatório das Nações Unidos, citado pela BBC.

A organização indica, ainda, que os 5% mais ricos do mundo  contribuíram para 37% do crescimento de emissões entre 1990 e 2015.

Os autores do relatório apontam baterias a condutores de veículos SUV e utilizadores frequentes de aviões – a chamada “elite poluidora” – e apelam ao governo britânico para reverter a sua decisão de acabar com as taxas em voos de regresso ao país.

O relatório pede ainda que seja reinstalado o projeto Green Homes Grant, um incentivo para tornar as casas mais amigas do ambiente.

Recorde-se que a pandemia, que confinou populações, reduziu viagens e quase paralisou a economia, mas levou o planeta a diminuir emissões de dióxido de carbono em 7%, a maior queda de sempre.

O Projeto Carbono Global, formado por dezenas de cientistas internacionais, calculou que o mundo terá lançado 34 mil milhões de toneladas de CO2 para a atmosfera em 2020, contra 36,4 mil milhões de toneladas em 2019.

Segundo os cientistas, a histórica redução deve-se sobretudo ao facto de as pessoas terem ficado em casa, viajando menos de carro e de avião.

Por: Noticias ao Minuto