Covid-19: Governo cancela apoios a 43 projetos culturais e ao Festival Mindelact

420

O Governo de Cabo Verde cancelou o apoio financeiro que iria atribuir a 43 projetos culturais este ano, bem como a verba a disponibilizar ao Festival Internacional de Teatro Mindelact, devido à covid-19, anunciou hoje o Executivo. 

“No âmbito do orçamento retificativo do Estado, lamentar a necessidade de cancelar o apoio financeiro atribuído aos 43 projetos culturais selecionados através do concurso público referente ao Edital de financiamento para o ano 2020 e, também, cancelar a verba a disponibilizar ao Festival Mindelact referente ao protocolo assinado entre as partes”, anunciou, em comunicado, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC). 

Segundo aquele Ministério cabo-verdiano, os projetos afetados são das áreas performativas, artes visuais, artes aplicadas e do artesanato, sendo 18 da ilha de Santiago, 13 em São Vicente, quatro em Santo Antão, dois cada no Sal, São Nicolau e Fogo, e um cada na Boavista, na Brava e no Maio. 

“Devido à esta nova situação de pandemia e à necessidade de retificação do Orçamento de Estado (OE), foi indisponibilizado o montante alusivo à concretização do edital de financiamento 2020”, explicou o Ministério da Cultura, que tinha previsto um apoio financeiro de 8,9 milhões de escudos (81 mil euros) para este ano.

Para o próximo ano, a tutela da Cultura de Cabo Verde informou que o edital de candidatura para o financiamento aos projetos culturais “fica suspenso devido à limitação financeira”. 

“O MCIC compromete-se a retomar este programa de política cultural pública assim que o país tenha condições económicas e financeiras para o viabilizar”, prosseguiu a mesma fonte. 

Entre 2017 e 2019, o Ministério da Cultura indicou que, através de editais públicos, financiou 124 projetos culturais, num montante de 15 milhões de escudos cabo-verdianos (136 mil euros).

No mesmo comunicado, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas indicou que dará continuidade aos “projetos mais estruturantes”, nomeadamente o programa nacional de ensino artístico generalizada, através do programa Bolsa de Acesso à Cultura (Ba-Cultura) e da Cesária Évora Academia de Artes, e o programa de reabilitação do património histórico.

Mas também a implementação do Plano Nacional de Leitura, a programação cultural permanente nos centros culturais do estado, continuação dos programas de formação e reforço institucional nos vários institutos públicos do setor, implementação do processo de certificação nacional do artesanato e o Plano de Salvaguarda da Morna Património Imaterial da Humanidade.

Cabo Verde regista um acumulado de 1.779 casos de covid-19 desde 19 de março, com 19 óbitos, mas 850 já foram dados como recuperados.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 578 mil mortos e infetou mais de 13,34 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Por: Lusa