Covid-19: Mais 51 recuperados em Cabo Verde e todos os concelhos de Santiago com casos

405

Cabo Verde registou hoje mais 51 pessoas recuperadas da covid-19, todas na cidade da Praia, enquanto São Lourenço dos Órgãos diagnosticou o seu primeiro caso, passando todos os nove concelhos da ilha de Santiago a ter infeções. 

“Nós temos aqui um caso de São Lourenço dos Órgãos, é o primeiro que nós temos conhecimento, que foi notificado. Trata-se de uma pessoa que faz seguimento por um outro problema de saúde aqui na Praia, e numa das consultas na semana passada fizeram-lhe o teste rápido, que foi positivo, fizeram a colheita para investigação e um segundo teste confirmou-se”, disse o diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças, Jorge Noel Barreto. 

O porta-voz do Ministério de Saúde avançou ainda que já há pessoas de quarentena, na decorrência das investigações aos contactos deste caso em São Lourenço dos Órgãos, passando assim todos os nove concelhos de Santiago a ter casos da doença. 

São Lourenço dos Órgãos, concelho rural no centro da ilha de Santiago, passa a ser o 15.º município do país a registar casos positivos de covid-19. 

Este novo caso junta-se aos 12 registados na cidade da Praia, de um total de 13 a nível nacional hoje, elevando para 1.464 o total acumulado de infetados pelo novo coronavírus no país.

Jorge Barreto informou que o país registou hoje mais 51 pessoas recuperadas, todas na cidade da Praia, aumentando para 723 a nível nacional, mais um do que os casos ativos e em seguimento, que são 722, representando 49,3%. 

Do total de casos no país, há ainda a registar 17 óbitos e dois doentes transferidos para os seus países. 

O diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças disse ainda que entre 30 a 35 profissionais de saúde de Cabo Verde já foram infetados até agora no país. 

Em África, há 11.360 mortos confirmados em mais de 476 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente. 

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 534 mil mortos e infetou mais de 11,47 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Por: Lusa