Portugal registou neste domingo 119 mortes associadas à covid-19, mais 19 do que no sábado, e 5.962 infetados (mais 792), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o relatório da DGS, 124 casos resultam da importação do vírus de Espanha, 93 de França, 41 do Reino Unido, 28 de Itália, 24 da Suíça, 21 dos Emirados Árabes Unidos, 13 de Andorra, 10 do Brasil, oito Países Baixos, sete da Alemanha, seis da Bélgica, cinco da Argentina, cinco dos EUA, quatro da Áustria, quatro em Cabo Verde e quatro no Canadá.

Entretanto, Cabo Verde registra apenas 6 casos positivos, dos 35 suspeitos. Destes 6 casos, dois são na cidade da Praia (cidadãos nacionais) e quatro na Boa Vista, sendo um nacional, dois ingleses e uma holandesa. 

O Covid-19 vitimou uma pessoa em Cabo Verde, um inglês de 62 anos, na Boa Vista.

Reagindo, ontem, a este relatório, Artur Correia, Director Nacional da Saúde, considerou ser normal esta situação porque antes do aparecimento dos dois casos importados nos hotéis, na Boa Vista, um da Inglaterra e outro da Holanda, Cabo Verde recebeu milhares de turistas.

“É natural que também os outros turistas de outras nacionalidades, que conviviam de forma mais intenso com os europeus e que, eventualmente, muitos estariam infectados. Vão aparecer, proximamente, mais casos de turistas que os países vão declarar que tiveram caso importado de Cabo Verde”, assegurou.

Informou que já enviou um e-mail para a sua homóloga portuguesa, com vista a saber mais informações e mais detalhas de onde é que esses infectados estavam hospedados para que possam avançar com medidas de vigilância.

Por: DTudo1Pouco/Lusa/Inforpress