Covid-19: Presidente brasileiro continua infetado pelo novo coronavírus

220

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, realizou um novo exame laboratorial na terça-feira, cujo resultado indicou que continua infetado pelo coronavírus, divulgou hoje o Palácio do Planalto.

Numa nota, o Governo brasileiro destacou que “Bolsonaro continua em boa evolução de saúde, sendo acompanhado pela equipa médica da Presidência da República. O teste realizado pelo presidente no dia de ontem, 21, apresentou resultado positivo”.

Bolsonaro anunciou no último dia 07 que recebeu diagnóstico positivo para a covid-19, afirmou que cumpriria isolamento social para não infetar outras pessoas e passou a fazer reuniões por videoconferência.

O Presidente brasileiro, de 65 anos, sempre demonstrou ceticismo sobre o perigo da doença, que chegou a comparar com uma “gripezinha”.

Na terça-feira, o chefe de Estado saiu da sua residência oficial em Brasília, o Palácio do Alvorada, para conversar com um pequeno grupo de apoiantes e fez uma transmissão ao vivo na rede social Facebook.

Bolsonaro disse estar saudável e contou que pretendia viajar na sexta-feira para a região nordeste do país, mas condicionou o seu regresso “à normalidade” ao resultado do exame divulgado hoje, que atestou que continua com o vírus.

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados e de mortos (mais de 2,1 milhões de casos e 81.487 óbitos), depois dos Estados Unidos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 616 mil mortos e infetou quase 15 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Por: Lusa