Curta metragem de realizador cabo-verdiano concorre para os Óscares 2014

305

“Feral” é o titulo da curta metragem do realizador cabo-verdiano Daniel Sousa que vê a sua obra escolhido para os 10 pré-seleccionados pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, nos Estados Unidos.

A curta metragem já este, este ano, em grandes festivais como o Sundance, nos Estados Unidos, e Festival de Annecy, na França, e já conquistou 12 prémios internacionais. Um dos prémios é ultima edição do Anima Mundi, no Rio de Janeiro, o que valeu a sua elegibilidade para os Óscares 2014.

“Feral” conta a historia de um menino selvagem que é tirado da floresta para viver na civilização.

No dia 16 de Janeiro a lista final, com três a cinco seleccionados, será conhecida.