Dom Arlindo Furtado foi nomeado cardeal do Vaticano pelo Papa Francisco

661

O Bispo da Diocese de Santiago, Dom Arlindo Gomes Furtado, será o novo cardeal do Vaticano a 14 de Fevereiro, numa cerimonia.

O anuncio foi feito pelo Papa Francisco hoje que escolheu 20 novos cardeais, sendo que 15 deles vão ter poder de eleição no conclave, ou seja podem votar no novo Papa na altura da eleição.

Durante a oração do ‘Angelus’ na Praça de São Pedro, em Roma, para um grupo de elite na hierarquia da Igreja Católica, o Papa anunciou o nome dos novos cardeais. Para alem de Cabo Verde outros países terão pela primeira vez um cardeal, que são os cardeais da Birmânia e Tonga.

No Vaticano, actualmente, existem 110 cardeais eleitores onde 52 são da Europa, seguindo-se a América (33: 17 do Norte e 16 latino-americanos), África (13), Ásia (11) e Oceânia (1).

 

Leia na intriga o comunicado do Papa Francisco:

“Como já foi anunciado, em 14 de Fevereiro próximo, terei a alegria de realizar um Consistório, durante o qual vou nomear 15 novos cardeais que, vindos de 13 países de todos os continentes, manifestam os vínculos indissolúveis entre a Igreja de Roma e as igrejas presentes no mundo.

“No domingo, 15 de Fevereiro, presidirei uma celebração solene com os novos cardeais, enquanto nos dias 12 e 13 de Fevereiro, realizarei um Consistório com todos os cardeais para reflectir sobre as orientações e propostas para a reforma da Cúria Romana.

“Os novos cardeais são:

Arcebispo Dominique Mamberti, Prefeito do Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica

Arcebispo Manuel José Macário do Nascimento Clemente (Portugal)

Arcebispo Berhaneyesus Demerew Souraphiel (Etiópia)

Arcebispo John Atcherley Dew (Nova Zelândia)

Arcebispo Dom Edoardo Menichelli (Itália)

Arcebispo Dom Pierre Nguyen Van Nhon (Vietnã)

Arcebispo Dom Alberto Suárez Inda (México)

Arcebispo Dom Charles Maung Bo (Myanmar)

Arcebispo Dom Francis Xavier Kriengsak Kovithavanij (Tailândia)

Arcebispo Dom Francesco Montenegro (Itália)

Arcebispo Daniel Fernando Sturla Berhouet (Uruguai)

Arcebispo Dom Ricardo Blázquez Pérez (Espanha)

Bispo Dom José Luis Lacunza Maestrojuan (Panamá)

Bispo Arlindo Gomes Furtado (arquipélago de Cabo Verde)

Bispo Soane Patita Paini Mafi (Ilha de Tonga)

“Além disso, vou acrescentar aos membros do Colégio dos Cardeais cinco arcebispos bispos e eméritos que se distinguem pela sua caridade pastoral ao serviço da Santa Sé e da Igreja. Eles representam muitos bispos que, com a mesma solicitude pastoral, têm dado testemunho de amor a Cristo e ao povo de Deus em Igrejas, na Roma Curia, e no serviço diplomático da Santa Sé.

Eles são:

José de Jesús Pimiento Rodriguez, arcebispo emérito de Manizales

Arcebispo Luigi De Magistris, Major Pro-Penitenciário Emérito

Arcebispo Karl-Joseph Rauber, Núncio Apostólico

Luis Héctor Villaba, arcebispo emérito de Tucumán

Júlio Duarte Langa, bispo emérito de Xai-Xai

“Vamos rezar para os novos cardeais, que, renovados em seu amor a Cristo, podem ser testemunhas de seu Evangelho na cidade de Roma e no mundo, e com sua experiência pastoral, podem me apoiar mais intensamente no meu serviço apostólico.”