Escola primária vai exigir uniformes da Armani que custam cerca de 600 euros

751

Uma escola de Tóquio está a ser alvo de várias críticas por causa de uma nova medida: a direcção do estabelecimento de ensino quer adotar uniformes da marca de luxo italiana, Emporio Armani. De acordo com a imprensa local, cada uniforme vai custar 730 dólares – cerca de 596 euros – a cada aluno.

Emporio Armani A escola primária de Taimei, localizada no distrito de Ginza – zona conhecida pelas várias lojas de marcas de luxo – pretende introduzir os uniformes já no próximo ano letivo, em abril. Uma decisão que está a ser alvo de controvérsia entre os pais dos alunos. 

Numa carta enviada aos pais dos alunos, em Novembro, o diretor da escola, Toshitsugu Wada, justificou a decisão dizendo que Taimei é uma escola de referência em Ginza e que, por isso, os novos uniformes têm de estar ao mesmo nível da “atmosfera da instituição”. 

Perante as críticas, que chegam de todo o lado, o diretor da instituição voltou a emitir um comunicado, onde refere que “aceita as críticas”. Toshitsugu Wada garantiu, ainda, que ia dar aos pais uma nova explicação.

Fonte: TVI