Facebook explicou que a funcionalidade que permitia pesquisar utilizadores por email ou número de telemóvel foi removida

526

O Facebook admitiu que grande parte dos dados de mais de 2 mil milhões de utilizadores estavam vulneráveis a terceiros e que podem ter sido aproveitados indevidamente.

Num comunicado publicado na quarta-feira, a empresa explica qua a funcionalidade que permite procurar alguém através do número de telemóvel ou do email era uma das que mais contribuia para a exposição destes dados.

Esta opção, na barra de pesquisa, “era útil para encontrar amigos em línguas onde fosse mais difícil escrever o nome, ou nos casos em que há pessoas que têm o mesmo nome”, diz o comunicado. No entanto, muita gente aproveitava esta funcionalidade para roubar informações do perfil de outras pessoas.

“Acreditamos que muita gente pode ter tido os seus dados roubados dessa forma. Por isso decidimos remover essa funcionalidade”.

Por: Observador