Facebook: O fim dos likes chegou e começa na Austrália

181

O fim dos likes (gostos, em português), está a chegar ao Facebook.

Como avança o TechCrunch, quando os utilizadores da maior rede social do mundo virem publicações de outras pessoas já não vão saber o número de likes estas têm. A medida arranca esta sexta-feira, na Austrália. Para já é um teste, mas pode ser estendido a mais países.

A medida — à semelhança do que foi feito com o Instagram, outra rede social detida pelo Facebook — tem como objetivo evitar que os utilizadores apaguem publicações por não terem o número de likes esperados e diminuir a constante comparação entre perfis. A ideia é diminuir sentimentos como a inveja entre os utilizadores. Mark Zuckerberg, o fundador e presidente executivo da rede social quer, assim, que os utilizadores façam mais partilhas. Contudo, o utilizador vai continuar a poder ver os likes das suas publicações.

Ao mesmo jornal, o Facebook confirmou o teste na Austrália: “Estamos a fazer um teste limitado em que as contagens de likes, reações e visualizações de vídeos ficam privadas no Facebook”. Se, depois deste teste, a rede social perceber que a medida “melhora a utilização dos pessoas”, vai avançar para outros países.

Em abril, quando fez o Facebook fez o mesmo teste no Canadá, acabou por expandir a iniciativa para outros seis países em julho.

Apesar de os likes desaparecerem, a opção para poder este tipo de reação, assim como pôr “adoro” ou “surpresa” a um comentário, fazer vai continuar a existir. Outras definições, como o número de comentários numa publicação, vai continuar visível.

Por: Observador