Federação Cabo-verdiana de Futebol preocupada com segurança social dos atletas

178
Ontem aconteceu uma reunião muito importante a pensar no futuro dos futebolistas cabo-verdianos.
 
O Presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol, Mário Semedo, encontrou-se ontem  a Presidente da Comissão Executiva e do Conselho de Administração do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), Dra. Orlanda Ferreira.
 
O encontro aconteceu na sede do INPS, e o assunto discutido foi a segurança social dos atletas.
 
“Como, várias vezes, o Presidente Mário Semedo tem manifestado, urge a necessidade de formalização da relação entre atletas e clubes, e a cobertura social dos atletas, a par do seguro desportivo, é uma preocupação da Federação Cabo-verdiana de Futebol, pois, embora não haja uma assunção clara, o certo é que existem jogadores que vivem do futebol, recebendo, mensalmente, dos clubes uma determinada remuneração, portanto, existindo uma clara relação de trabalhador/ empregador”, começou por dizer a FCF, em comunicado.
 
“Por seu lado, a Sra. Presidente da Comissão Executiva do INPS, considerou muito positivo o encontro, e aproveitou a oportunidade para informar ao Presidente da Federação, das “demarches” que estão sendo feitas a nível da legislação da Segurança Social, com vista a poder enquadrar essa situação”.
 
Na sequencia, o Presidente Mário Semedo congratulou-se com as informações avançadas, ainda, pela receptividade demonstrada pela Presidente da Comissão Executiva em fazer tudo para que seja encontrada uma solução, e, neste particular, o Presidente da Federação defendeu a flexibilização das taxas contributivas, escudando no facto do fenómeno desportivo, ainda, não ser rentável.