Cabo Verde passa agora a ter o Conselho das Finanças Públicas (CFP), e o que está a chamar a atenção deste novo órgão é o salario que irá receber o seu presidente e os seus vogais.

No dia 29 de Julho foi publicado no Boletim Oficial a criação deste CFP que é um órgão consultivo independente que tem por missão proceder a avaliação sobre a consistência, cumprimento e sustentabilidade da politica orçamental. É composto por cinco membros, sendo um presidente e quatro vogais.

Foi fixado a remuneração ilíquida e mensal do presidente de 300.000$00 (trezentos mil escudos) e os quatro vogais a remuneração ilíquida e mensal de 270.000$00 (duzentos e setenta mil escudos).

A estes cinco elementos é ainda atribuído um subsidio de comunicação no valor de dez mil escudos.