Governo afirma que aumento dos preços dos combustíveis tem sido regular nos últimos anos

173

O primeiro-ministro afirmou hoje que o aumento dos preços de combustíveis no país tem sido regular nos últimos dez anos, lembrando que a regulação é feita através pela ARME, de acordo com as flutuações dos preços internacionais.

Ulisses Correia e Silva fez estas declarações à imprensa, quando instado a comentar sobre o aumento dos preços dos combustíveis registado no mês de Abril, sublinhando que o processo não é feito pelo Governo.

“Ao longos de todos esses anos houve aumento e houve reduções e isso depende das flutuações dos preços internacionais, portanto dizer que o Governo é que aumentou os preços, não é isso. A Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) faz a regulação e altera para cima e altera para baixo conforme as flutuações e isto é conhecido ao longo dos anos”, frisou.

De acordo com o chefe do executivo, se se registar aumento nos preços dos combustíveis a nível internacional é evidente que se fazem ajustamento no país, asseverando que nos últimos anos sempre houve descida e aumento no mercado nacional.

“Sempre houve aumento e descida sem que isso pudesse ser traduzido. Por exemplo, tem se estado a ouvir que está-se a perder o poder de compra por causa disso, mas depois haverá reduções, isto se os preços internacionais também se reduzirem”, ressaltou.

Os combustíveis estão mais caros desde as zero horas desta segunda-feira, de acordo com a actualização mensal dos preços divulgada pela ARME, para vigorar durante o mês de Abril.

Por: Inforpress