O Governo da Guiné-Bissau determinou o aumento dos preços dos combustíveis devido à flutuação dos preços dos produtos no mercado internacional, segundo o despacho conjunto dos ministérios da Energia e Finanças, enviado hoje à Lusa.

O despacho conjunto aumenta o preço do litro de gasóleo para 889 francos cfa (1,35 euros) e o preço do litro da gasolina para 852 francos cfa (1,29 euros).

O último aumento dos combustíveis na Guiné-Bissau aconteceu em abril quando o preço o preço do litro do gasóleo foi fixado em 766 francos cfa (cerca de 1,16 euros) e o da gasolina em 760 francos cfa (cerca de 1,15 euros).

Desde o início da semana que aos postos de abastecimento de combustível de Bissau estavam a condicionar o abastecimento dos consumidores, provocando grandes filas pelas bombas espalhadas na capital guineense.

Em Safim, nos arredores de Bissau, na terça-feira, havia uma fila de viaturas para abastecer, mas apenas estava a ser fornecido combustível a pessoas com bidões de 25 litros.

No interior do país, por exemplo, em Bambadinca, perto de Bafatá e Gabu, o posto de abastecimento não tinha combustível na quarta-feira e estava encerrado.

Por: Lusa