Governo guineense aprova proposta de OE2022 no valor 375 milhões de euros

O Conselho de Ministros da Guiné-Bissau aprovou ontem a proposta do Orçamento Geral de Estado para 2022 no valor de cerca de 246 mil milhões de francos cfa (cerca de 375 milhões de euros), segundo o comunicado enviado à imprensa.

83

Na reunião, ontem realizada, foi aprovado a “proposta de Orçamento Geral do Estado para o ano económico de 2022 com uma receita total de 246.255.000.000 de francos cfa e uma despesa total de igual montante”, refere o comunicado.

O comunicado refere também que o Orçamento Geral de Estado regista um défice de cerca de 67 mil milhões de francos cfa (cerca de 102 milhões de euros).

Durante a reunião, foi também aprovada a proposta de lei relativa às Grandes Opções do Plano Nacional de Desenvolvimento para 2022.

Para cobrir o défice orçamental, o Conselho de Ministros autorizou o Ministério das Finanças a contrair os empréstimos concessionários necessários.

Segundo o gabinete do primeiro-ministro guineense, Nuno Gomes Nabiam, o objetivo é a apresentação de um orçamento moderado, equilibrado, que estimule o crescimento económico e a competitividade, reforce os rendimentos e proteja o emprego.

O documento vai dar respostas “urgentes e imperiosas” ao setor privado, bastante penalizados pela pandemia provocada pelo novo coronavírus, e apostar no setor agrícola e infraestruturas rodoviárias para “combater a escassez de produtos essenciais e a subida de preços”.

A saúde e a educação “voltam a merecer uma atenção particular”, refere o governo.

Por: Lusa