Há um milhão de residentes com naturalidade estrangeira em Portugal

107

Há um milhão de residentes com naturalidade estrangeira em Portugal, de acordo com os dados provisórios relativos aos Censos 2021, citados, esta terça-feira, pelo Grupo Marktest. No total, há “1.082.104 residentes cujo local de nascimento (naturalidade) ocorreu fora do território nacional”, o equivalente a 10,5% do total de pessoas a morarem no nosso país. 

Em relação aos Censos anteriores, realizados em 2011, este valor representa “um acréscimo de 24,1%”

O Grupo Marktest, em conclusões que pode ler aqui, ressalva ainda que, do total de residentes de naturalidade estrangeira, “8.4% concentra-se em Lisboa, 6.7% em Sintra, 4.1% em Cascais, 3.2% na Amadora e 3% em Loures”. O distrito de Lisboa concentra 35% do total de residentes de naturalidade estrangeira.

Odemira é a zona do país em que o peso concelhio da população de naturalidade estrangeira face à sua população total é maior – 29.1%. Por outro lado, destaca-se, Monforte Ribeira Grande, com 1,8%, são as regiões onde este peso é menor. 

De recordar que, também de acordo com os Censos 2021, Portugal tem 2.424.122 pessoas com 65 anos ou mais e 1.331.396 com menos de 15 anos. Há ainda 5.500.951 pessoas com idades entre os 25 e os 64 anos (53,2% do total da população) e 1.088.333 com idades entre os 15 e os 24 anos (10,5%).

grupo populacional que teve “redução mais significativa” foi o das pessoas até aos 15 anos de idade, que desceu 15,3% e representa hoje 12,9% do total, enquanto a população jovem em idade ativa (dos 15 aos 24 anos) desceu 5,1% e as pessoas com idades entre os 25 e os 64 anos diminuíram 5,7%.

Por: Noticias ao Minuto