Homem tinha mais de 70 tumores que desapareceram em 12 semanas

376

Ian Brooks foi diagnosticado em 70 tumores espalhados pelo corpo e foi-lhe dado algumas semanas de vida, isto foi em 2001. Hoje o britânico de 47 anos não tem qualquer sinal da doença graças ao medicamento americano Brentuximab Vedotin.

O homem, depois de lhe ser diagnosticado os tumores, começou o tratamento com com a medicação pioneira e semanas depois as radiografias mostravam que todos os tumores tinham desaparecido.

«Acho que não estaria aqui hoje se não fosse por aquele medicamento», informou Brooks ao jornal Daily Mail. A substância destrói as células cancerígenas desde o seu interior e foi testada em alguns doentes voluntários e Ian Brooks foi um deles.

A experiência foi feita no The Christie Hospital em Manchester, um dos maiores centros especialistas em cancro. O caso foi de tal sucesso que o medicamento está agora disponível para todos os pacientes. Segundo o médico Adam Gibb a tomada da substancia é rápida e com poucos efeitos secundários.

Quem sofre do mesmo tipo de cancro de Brooks, o Non-Hodgkin’s Lymphoma, pode aceder ao medicamento através do Fundo Cancer Drugs.