Ibrahimovic retirou as tatuagens com o nome de 50 pessoas

1152

Os nomes foram a vida mas a fome continua. O futebolista Zlatan Ibrahimovic retirou as tatuagens, que por sinal eram temporárias, com o nome de 50 pessoas.

“Os nomes já não estão no meu corpo, mas as pessoas ainda estão lá”, escreveu o jogador no Twitter. O jogador afirmou que as tatuagens temporárias foi uma forma de chamar a atenção para os 805 milhões de cidadões em todo o mundo que sofrem de fome.

O jogador do Paris Saint-Germain associou-se a uma campanha das Nações Unidas (WFP) (Programa Alimentar contra a Fome) e como forma de alertar “tatuou” o nome de 50 pessoas no corpo. No sábado dia 14 de Fevereiro no jogo frente ao Caen o jogador marcou um golo e retirou a camisola dando a conhecer o seu acto e alertando para o fenómeno.

[vsw id=”wDJjcL9Ya4c” source=”youtube” width=”425″ height=”344″]

As tatuagens foram feitas segundo o método tradicional, efémeras, com tinta permanente que é colocada sob a pele, no fundo os nomes estavam escritos e não tatuados.

Este ano, de acordo com as previsões do Programa Alimentar Mundial, serão fornecidas cerca de 17 mil milhões de refeições diárias a 78 milhões de pessoas de 76 países.