Ilhas do Fogo e do Maio integram Reserva Mundial da Biosfera da Unesco

285

A Unesco aprovou a classificação das ilhas cabo-verdianas do Fogo e do Maio como Reserva Mundial da Biosfera, a primeiro do género do país, anunciou hoje o primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva.

Numa declaração divulgada ao início da tarde, o chefe do Governo cabo-verdiano classificou a decisão como “um acontecimento histórico” para o arquipélago.

“Cabo Verde, pela primeira vez, passa a ter reservas mundiais da Biosfera e junta-se às 701 reservas mundiais da Biosfera existentes”, anunciou Ulisses Correia e Silva, sobre a classificação aprovada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco, na sigla em inglês).

Por: Lusa