João Lourenço exonera comandante da polícia e chefe da secreta militar

459

O Presidente de Angola, João Lourenço, soma e segue nas exonerações.

Desta vez as exonerações atingiram a cúpula das forças de segurança, substituindo as chefias da Polícia Nacional e do Serviço de Inteligência e Segurança Militar.

Por ordem de João Lourenço, foi exonerado o comandante-geral da Polícia Nacional, Ambrósio de Lemos, que será substituído por Alfredo Eduardo Manuel Mingas, antigo comandante da Polícia de Intervenção Rápida e ex-embaixador em São Tomé e Príncipe.

Além disso, foi exonerado o António José Maria do cargo de chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar. O chefe das secretas militares será agora Apolinário José Pereira, que para desempenhar o novo cargo foi igualmente exonerado da Comissão Especial de Serviço no Ministério das Relações Exteriores.

Fonte: Observador