Jogador da Guine Conacri (adversário de Cabo Verde) é acusado de inventar lesão

130

O jogador do Partizan de Belgrado, Seydouba Soumah ‘Konkolet’ é acusado pela Federação da Guine Conacri de inventar lesão para faltar aos compromissos da seleção.

No seu site, a Federação acusou o jogador Seydouba Soumah de «inventar lesão» para pedir dispensa dos trabalhos de preparação para os jogos amigáveis em Outubro contra Cabo Verde e Gâmbia, a 10 e 13 de outubro, respetivamente.

O jogador em causa informou que lesionou na partida da Liga Europa com o Charleroi, na última quinta-feira, porém, acabou por ser titular diante do Backa Palanka, da Liga sérvia, na segunda-feira seguinte. 

Situação que, considera a federação, confirma a tese de uma lesão diplomática que inventou para não participar nos dois jogos da seleção, esquecendo que o mundo se tornou numa aldeia global».

Para substituir o avançado do Partizan Belgrado, Didier Six, o selecionador, apostou em Ibrahima Câmara, médio do Moreirense FC (Portugal).