Jogos Olímpicos consagram 339 campeões em 33 modalidades

112

Tóquio2020 vai ter 339 medalhas de ouro em disputa nas 33 modalidades do programa, sendo que mais de um quarto (28,6%) serão distribuídas por natação e atletismo e quase metade (45,7%) pelo conjunto dos cinco maiores desportos.

natação é a que mais medalhas atribui, 49, mais uma do que o atletismo, com 48, e a larga distância das 22 em disputa no ciclismo, enquanto ginástica e luta livre vão premiar 18 campeões, totalizando estas cinco modalidades 155 pódios, sobrando 184 para as restantes 28.

A natação pura sobressai com 35 provas, seguida dos saltos para a água com oito, enquanto a natação artística, o polo aquático e as águas abertas têm duas cada.

O atletismo é dominado pela corrida, pois 29 das 49 provas têm essa essência, que faz inclui o decatlo masculino e o heptatlo feminino: há a acrescentar os 4×400 metros mistos, que são a única prova com ambos os sexos em equipa, e os 50 quilómetros marcha, só para homens.

Salto em comprimento, triplo salto, salto em altura, salto com vara, lançamento do peso, lançamento do dardo, lançamento do disco e lançamento do martelo são as disciplinas técnicas de uma das modalidades ‘rainha’ dos Jogos.

O ciclismo tem proeminência na pista, com 12 pódios, havendo mais quatro em disputa na estrada e dois no ‘cross country’, no BMX e no ‘freestyle’, que se estreia em Jogos, tal como Madison no recinto ‘oval’.

Das 18 medalhas da ginástica, 14 são nas competições de artística, sendo que a rítmica e os trampolins distribuem duas cada: a luta livre também assegura o toque de hinos nacionais em 18 ocasiões.

Canoagem, com 16 pódios (12 nas regatas de velocidade e quatro em slalom), judo e tiro, com 15, também se destacam no medalheiro.

No lado oposto, há nove modalidades que apenas atribuem um ouro a cada género, casos de futebol, andebol, râguebi, hóquei em campo, golfe, pentatlo moderno, dos estreantes surf e escalada, e dos regressados basebol e softbol.

O triatlo subiu a três pódios ao ganhar um evento, de estafeta mista, enquanto o basquetebol, com o aparecimento do ‘3×3’, atribui agora quatro, os mesmos do estreante skate (rua e parque) e do voleibol, com as competições de pavilhão e praia.

Destaque ainda para o crescente número de competições para equipas mistas, juntando ambos os sexos, no tiro, com três, na natação, tiro com arco, atletismo, badminton, judo, vela, ténis de mesa, ténis e triatlo, com uma cada.

Número de medalhas de ouro em disputa por modalidade (total 339):

49 Natação

48 Atletismo

22 Ciclismo

18 Ginástica e Luta.

16 Canoagem.

15 Judo e Tiro.

14 Remo e Halterofilismo.

13 Pugilismo.

12 Esgrima.

10 Vela.

8 Taekwondo e Karaté.

6 Equestre.

5 Tiro com arco, Badminton, Ténis de mesa e Ténis.

4 Basquetebol, Skate e Voleibol.

3 Triatlo

2 Basebol/Softbol, Hóquei em campo, Golfe, Pentatlo moderno, Râguebi, Futebol, Escalada, Surf e Andebol.

Por: Lusa