Mónica Semedo vai assumir a presidência do grupo de amizade entre o parlamento europeu e o parlamento de Cabo Verde

365

A deputada luxemburguesa de origem cabo-verdiana, Mónica Semedo, vai assumir a presidência do grupo de amizade entre o parlamento europeu e o parlamento de Cabo Verde, avançou hoje o presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos.

O chefe da casa parlamentar cabo-verdiana falava aos jornalistas na sequência de uma visita que realizou à Bruxelas, onde teve a oportunidade reunir-se com o grupo de amizade e com a deputada de origem cabo-verdiana.

“É a primeira deputada no Parlamento de origem cabo-verdiana e assume a presidência do grupo de amizade entre o Parlamento europeu e o Parlamento cabo-verdiano. É um momento que nos orgulha, ter uma deputada europeia de origem cabo-verdiana com tamanha responsabilidade de ser já um elo de ligação entre o nosso país. É a questão do empoderamento das nossas comunidades e isto no deixa feliz”, disse Jorge Santos.

Mónica Semedo, filha de emigrantes cabo-verdianos no Luxemburgo, foi em Maio para o Parlamento Europeu.

A visita a Bruxelas, segundo o chefe da casa parlamentar cabo-verdiana, teve como um dos objectivos reunir-se com os novos dirigentes do parlamento europeu.

Jorge Santos disse ter-se encontrado com o presidente do grupo do Parlamento europeu que é responsável por África e que também é primeiro vice-presidente do Parlamento europeu, onde discutiram as relações de Cabo Verde com a UE no quadro da parceria especial existente há 11 anos.

As perspectivas das relações no pós-Conotou foram outros dos assuntos que estiveram em análise.

“Como sabem o acordo de Cotonou termina daqui a três anos e já existe todo um diálogo politico envolvendo todos os parlamentos dos países da África Caribe e Pacífico (ACP) no sentido da definição de um novo programa, de uma nova prioridade e de um novo relacionamento entre ACP e a UE”, disse.

Igualmente no reino da Bélgica disse ter mantido contacto ao mais alto nível parlamentar e que discutiu com o Parlamento da Federação Belga a implementação do acordo assinado em Cabo Verde na visita que o presidente do parlamento e alguns deputados fizeram a Cabo Verde no ano passado.

O momento foi aproveitado para contactos com a comunidade cabo-verdiana na Bélgica.

Por: Inforpress