Mulher divorcia-se porque marido tomou vacina de reforço na Nova Zelândia

272

Uma mulher da Nova Zelândia decidiu pedir o divórcio depois de o marido ter decidido receber a dose de reforço da vacina contra a Covid-19.

O anúncio desta mulher foi feito durante uma manifestação, na Nova Zelândia, contra a obrigatoriedade da vacinação no país.

“Estou a deixar o meu marido. Ele recebeu o reforço hoje. Não quero nada com ele”, disse a mulher ao 1 News do país.

“Acredito seriamente que ele vai morrer”, acrescentou ainda. 

Estas declarações surgem depois de a capital do país ter ficado parcialmente paralisada por protestos contra a vacinação obrigatória.

Só esta quinta-feira, as autoridades neozelandesas detiveram 120 manifestantes naquele que era o terceiro dia dos protestos inspirados no movimento canadiano ‘Comboio da Liberdade’.

Os manifestantes detidos “enfrentam acusações de invasão e obstrução, e serão libertados sob fiança para depois comparecerem no tribunal”, de acordo com um comunicado publicado na página da Internet da polícia neozelandesa.

Por: Noticias ao Minuto