Orçamento da Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago para 2020 foi chumbado

Os votos que determinaram o chumbo dos instrumentos de gestão da Câmara Municipal vieram dos seis deputados do PAICV, oposição, e do deputado do MpD, que sustenta a Câmara Municipal, José Mendonça.

245

O orçamento previsto rondava os 348mil contos. O deputado do Movimento para a Democracia (MpD, poder), José Manuel Mendonça, que também votou contra, não fez uma declaração de voto. E durante a discussão do orçamento, disse que tudo o que está no plano de 2020 já vinha nos planos de 2019 e de 2018 e reforçou ainda que estava na Assembleia Municipal para defender os interesses dos ribeira-grandenses.

Já, o líder da bancada do MpD, Nilton Livramento, pediu desculpas aos eleitores que votaram no seu partido pela irresponsabilidade de um dos seus membros.

Durante a sua declaração de voto, Nilton Livramento elencou vários projetos que não vão ser realizados devido àquilo que considerou ser uma “birra” de um dos deputados da sua bancada.

Em declarações o Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, Manuel de Pina, disse que o deputado José Manuel Mendonça votou contra o desenvolvimento do município e que pôs o interesse pessoal acima dos interesses do concelho.

Por: RTC