Ossadas encontradas em Ponta Bicuda são de Edvânea Gonçalves

33186

A Policia Judiciaria acabou de divulgar um comunicado dando conta que as ossadas encontradas em Janeiro pertencem a menor Edvânea Gonçalves, desaparecida a 14 de novembro de 2017, no bairro de Eugénio Lima, na cidade da Praia.

O Comunicado da PJ:

“Na sequência de investigações desencadeadas pela equipa conjunta criada pela PGR, coordenada por um Magistrado do Ministério Público, visando o esclarecimento dos casos de desaparecimentos de pessoas ocorridas, num passado recente, na cidade da Praia, a Polícia Judiciária comunica aos órgãos de comunicação social, e ao público em geral, que as ossadas encontradas no passado dia 18 de janeiro, na localidade de Ponta Bicuda, em Achada Grande Trás, pertencem a menor Edvânea Gonçalves, desaparecida a 14 de novembro de 2017, no bairro de Eugénio Lima, na cidade da Praia.

A Policia Judiciária faz saber que após submeter o material extraído das ossadas encontrada aos exames de DNA, após comparação com material genético dos progenitores dos desaparecidos até a data da descoberta das ossadas (Edine Soares, Maurício Soares e Edvânea Gonçalves), estes apresentaram uma probabilidade de 99,9999 por centos (%) de chances de pertencerem a menor Edvânea Gonçalves.

Diante dos factos, a Polícia Judiciária informa que se está perante um caso de homicídio, pelo que as investigações serão direcionadas neste sentido com vista a descoberta do (s), autor (es) deste crime.

A Polícia Judiciária informa ainda que a equipa continua firme e engajada no propósito de se chegar a um desfecho de todos os casos de desaparecimento que tem sob investigação”.